O que é Inbound Marketing?


Primeiro, precisamos compreender que a forma como fazemos marketing muda a cada dia. Isso porque o próprio consumidor está constantemente mudando. Por isso, definir o que é exatamente Inbound Marketing pode ser uma tarefa difícil até mesmo para quem o faz. Mas, vamos partir da definição abaixo, uma das mais amplas para definir o tema:


Inbound Marketing pode ser considerado qualquer tática de marketing que se baseia em ganhar o interesse das pessoas ao invés de comprá-lo.


Dentro desta definição, o limite do Inbound Marketing é a CRIATIVIDADE do profissional na hora de elaborar conteúdos para as mídias sociais.


Como funciona o Inbound Marketing?



Um dos objetivos principais do Inbound é entregar o conteúdo certo, no momento certo e no lugar certo. Então, para se dar bem é necessário definir essas três coisas: lugar, tempo e conteúdo. É dessa forma que você consegue transformar completos estranhos em leads (um potencial consumidor), torná-los clientes e ainda fazer com que divulguem a sua marca de forma espontânea.


Vamos dar um exemplo: você recebe um e-mail de uma marca a qual você nunca procurou. O comum é deletarmos aquilo ou enviar para o spam.

Entretanto, o efeito é completamente diferente quando você pesquisa no Google sobre tipos de pisada, por exemplo, para comprar um tênis. Então, a loja virtual oferece um e-book gratuito sobre o assunto e, cinco dias depois de baixar o arquivo, você recebe um e-mail perguntando o que achou do conteúdo e um infográfico em anexo com os tênis recomendamos para cada tipo de pisada. O marketing gera o efeito desejado.

Qual o contrário de Inbound Marketing?



A maneira “tradicional” de fazer marketing é chamada de Outbound, com estratégias bem diferentes. Ele usa a interrupção para se comunicar, impondo uma mensagem. São exemplos: o anúncio no meio da revista, o intervalo comercial da televisão ou um anúncio avulso no meio do post do blog. Ninguém pediu por aquilo, mas eles existem, mesmo que o Outbound não seja tão eficaz quanto já foi.


Voltamos àquilo que dissemos no início: o consumidor mudou, ele está mais seletivo e não aceita interrupções facilmente. Basta um clique para parar de seguir as marcas na internet que foram muito ‘chatas’.

Esse novo perfil de consumidor quer conteúdo de qualidade sem interrupções. Assim, o Inbound Marketing acaba sendo a melhor estratégia de ação, pois consegue ser mais respeitoso na hora de impactar o público com a sua mensagem.


Quer mais 5 motivos para investir no Inbound?

  • 80% das pessoas fazem buscas online.
  • O Inbound custa 62% menos por cliente (lead) do que o marketing tradicional.
  • Empresas com blogs de conteúdo relevante conquistam 55% a mais de tráfego, aumentando a quantidade de pessoas que se relacionam com a marca.
  • 70% dos internautas clicam em links que resultam de buscas orgânicas, e não em anúncios pagos.
  • 57% dos contatos de clientes adquiridos vêm graças aos blogs.


Além disso tudo que falamos, as estimativas mostram que o investimento das empresas em blogs e em conteúdo para mídias sociais praticamente dobrou nos últimos dois anos - e a tendência é que esse investimento aumente ainda mais. Com o Inbound, você consegue identificar com mais facilidade quem está interessado na sua empresa, produto ou conteúdo.

Para se destacar nessa missão, pode contar com a ajuda da WLive. Se quiser trocar ideias, pode chamar no Whatsapp 47 99133-4606 (Juarez).
O que é Inbound Marketing? O que é Inbound Marketing? Reviewed by WLive! Marketing Digital on agosto 03, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário